YesPets. O Portal do mundo animal.
Se desejar buscar por região,
clique no mapa ao lado.

Encontre aqui o serviço que você procura.

Clique no mapa para selecionar a região desejada.

Mais votados

Pets

Últimos animais de estimação cadastrados

Cadastre seu amigão
  • Revista
  • Artigos
  • Dicas
  • Notícias
+ Recentes
+ Lidas
Cães sequestrados são vendidos a preços altos no mercado negro
Notícias
24/07/2013 00h04

Por Danusia Alves (da Redação da ANDA)

Sofisticadas gangues de ladrões rondam as ruas da Grã Bretanha sequestrando cachorros e identificando suas vítimas ao pintar a letra ‘K’ nas entradas das casas, revelou a polícia. As informações são do Daily Mail.

Vigias deixam a letra ‘K’ em giz de cera ou tinta spray depois de encontrarem cachorros ‘valiosos’ – e sem supervisão – nos quintais da área de Alsager, na região de Cheshire, na Inglaterra.

Os ladrões voltam mais tarde e levam os cachorros para vendê-los depois no mercado negro – o que tem rendido muito dinheiro a essas gangues.

Em risco: o mercado negro online de cachorros que foram roubados rende muito dinheiro às gangues criminosas. (Foto: Daily Mail)

Os últimos incidentes com o código ‘K’ – que acredita-se ser uma referência à palavra ‘canino’ – foram enfatizados pela polícia de Cheshire, que está investigando sequestros em Alsager.

As gangues levam tanto cachorros de raça, para serem vendidos online, como cachorros sem raça definida que podem ser usados em rinhas ilegais de cães. Cachorros com pedigree são vendidos online por até 2 mil libras cada.

Especialistas afirmam que uma média de 3500 sequestros de cães foram reportados no Reino Unido no último ano – um aumento de 17% em relação ao ano anterior.

Agora a polícia está pedindo aos residentes para prestarem atenção se há a letra ‘K’ pintada na entrada de suas casas, verificar se há pessoas olhando em seus quintais ou fazendo perguntas sobre  tutores de cachorros.

O detetive Chris Pyatt, da polícia de Cheshire, disse: “Nós já vimos esse tipo de marcação feitas em casas antes. No entanto, parece que alguns grupos estão usando esse método novamente para identificar casas que são de seu interesse. Nós já tivemos vários relatos de pessoas agindo de maneira suspeita e fazendo perguntas a tutores de cachorros. Nosso serviço de inteligência sugere que eles estão procurando cachorros como terriers, que podem ser usados em rinhas de cães, ou para caça. Também é possível que eles vendam cachorros de raças raras”.

Alsager Animals in Need (Animais Necessitados de Alsager) recebeu vários cachorros que foram sequestrados de seus tutores.

A coordenadora Hilary Baxter, 75, disse: “É horrível saber que as pessoas são capazes de tudo para roubar os cães dos outros. Felizmente, graças ao microchip, podemos rastrear seus tutores, mas sem ele não há muito o que se fazer para retornar um cachorro que foi levado”.

 No local: vigias deixam o código 'K' em giz ou tinta spray depois de encontrarem cachorros valiosos sem supervisão em quintais na área de Alsager. (Foto: Daily Mail)


No local: vigias deixam o código ‘K’ em giz ou tinta spray depois de encontrarem cachorros ‘valiosos’ sem supervisão em quintais na área de Alsager. (Foto: Daily Mail)

Mês passado um criador foi vítima de um dos mais recentes sequestros de cachorros com pedigree – depois que quatro filhotes premiados foram levados.

Rob Cain, 37, estava prestes a vender três dos filhotes de akita – ia ficar com o quarto para ele mesmo – quando invasores entraram em sua casa.

O senhor Cain, da cidade de Kidsgrove, no condado de Staffordshire, tem dois akitas adultos e esta era a segunda ninhada da qual ele cuidava, com cada filhote no valor de 450 libras.

No dia 21 de março ele deixou os seis cachorros em sua casa, enquanto saiu brevemente, quando ladrões forçaram a entrada na residência pela porta dos fundos e saquearam a casa, levando os filhotes mas deixando os cachorros adultos.

Cain avisa: “Meu conselho a outros tutores de cachorros é reportar à polícia qualquer comportamento suspeito e contar a seus vizinhos se você notar pessoas rondando sua casa e agindo de maneira estranha. É um sentimento horrível o de perder seu cachorro. Honestamente, acho que nunca mais verei os filhotinhos e provavelmente não cuidarei de outra ninhada. Tudo isso tem sido muito estressante. Mudei para cá porque achei que estaria seguro, mas não parece ser esse o caso”.

Enquanto alguns cães são sequestrados de canis e casinhas de quintal, ladrões estão ficando cada vez mais audaciosos – roubando animais que estão passeando com seus tutores e outros que roubam especificamente cachorros em assaltos a casas.

Os alvos mais visados das gangues são cachorros treinados, como labradores; no entanto, outras raças populares como chihuahuas e pugs também figuram na lista de raças que são sequestradas.

O maior aumento nos roubos foi da raça cocker spaniel, devido à alta popularidade dela por causa da adoção do cachorro Lupo pelo duque e a duquesa de Cambridge.

Um representante da RSPCA (Sociedade Real de Prevenção à Crueldade contra Animais) disse: “Se as pessoas estão preocupadas, elas deveriam se certificar de que seus animais estão com microchip, que seus quintais são seguros, que seus cachorros sejam supervisionados enquanto estão no quintal e reportar à polícia atividades suspeitas”.

Dog Lost (Cachorro perdido), uma Ong com o objetivo de reunir tutores com seus animais desaparecidos afirmou ao MailOnline que eles não acreditam que essas histórias de cartas ou adesivos pregados em portões ou entradas de casas são verdadeiras.

Um representante disse: “De qualquer maneira, nós pedimos que todos os tutores de cachorros estejam atentos e que não deixem seus animais em quintais ou do lado de fora de lojas, de onde eles podem ser facilmente levados por ladrões de cachorros”.

“A maioria dos cães são sequestrados por razões monetárias, e evidências sugerem que poucos são roubados para serem usados como iscas em rinhas. O grande aumento em sequestro de cães no último ano foi por cachorros de caça.”

“O aumento no roubo de cockers está mais ou menos igual ao de cachorros explorados para caça e não pensamos que há relação com o fato do duque e a duquesa de Cambridge possuirem um”.

Fonte: ANDA 
 
 
Quer sugerir um artigo ou escrever para nós? Envie para redacao@yespets.com.br 

Política de Privacidade
©Copyright 2013, Yespets Publicidade na Internet LTDA
Alerta
Ok
Carregando
Erro

Não foi possível ler a página!